Pular para o conteúdo principal

A logística e a sazonalidade


A logística nunca esteve tão presente em nosso cotidiano como nos dias atuais, de janeiro a janeiro os logísticos trabalham na tomada de decisões e no planejamento estratégico das ações de implantação e reestruturação das empresas, promovendo assim melhores vias de atuação do setor no mercado consumidor. Existem vários estágios da logística ao decorrer do ano, que precisam ser analisados minuciosamente para que atenda as expectativas de produção e vendas decorrentes de cada mês, pois há uma variação significativa de acordo com a sazonalidade dos produtos em determinadas épocas e os logísticos precisam se empenhar para gerar resultados eficazes.

Todas as ferramentas logísticas e tecnologias para otimizar os processos de produção, vendas, marketing estão acessíveis para que possamos utilizá-los e gerar os resultados tão desejados. O que faz-se necessário é ter um bom gestor visionário e atento as tendências de mercado, disposto a analisar a gama de produtos de sua empresa e adaptá-los as demandas existentes de cada mês respeitando sua época sazonal. Lembrando sempre que o foco da logística e prover o produto e serviço no melhor tempo e custo possível, atendendo assim os desejos dos clientes e promovendo ganhos para ambos.

A contratação de novos colaboradores em determinadas épocas é fundamental para atender a demanda dos clientes e promover um melhor nível de serviço. Mais para que isso aconteça faz-se necessário planejar essa contratação com uma certa antecedência para escolher os profissionais certos para cada área e dar-lhes as instruções e treinamentos para que possam exercer com segurança e qualidade as suas funções.

Outro fator importante é a aquisição de produtos para suprir a demanda corresponde do período, antes dessa aquisição é importante que o gestor logístico colete todas as informações correspondentes deste produto e suas demandas anteriores, faça uma análise de como esse esses itens giraram no estoque anteriormente, visualize qual a atual situação econômica que vivemos  e como está o  comportamento do nosso cliente final, e só assim faça o pedido de ressuprimento,  fazendo isso teremos compras mais assertivas.

A maioria das empresas em épocas sazonais aumentam a sua carga horária de trabalho para suprir as necessidades dos setores, outras porém contratam colaboradores por turnos e com isso conseguem promover uma otimização e melhores resultados em suas atividades. Essas datas são de grande impacto pois o comércio é aquecido e os clientes são motivados a comprar, no entanto o fluxo de pessoas e produtos é intenso, somente uma logística bem estruturada consegue atender com qualidade no tempo e hora esperados.

Os estoques das lojas e armazéns para suportarem as demandas e fluxos de mercadorias devem seguir a risca os processos contínuos organizacionais que são: recebimento minucioso dos produtos, entrada de notas com atenção redobrada, manuseio de produtos fazendo uso de todos equipamentos necessários, armazenamento em suas respectivas ruas e localizações, expedição de acordo com a solicitação em tempo e prazo estabelecido, ressuprimento feito de acordo com o fluxo de saídas.

O produto para que tenha uma saída constante e rotativa precisa ser divulgado corretamente pelo setor de marketing da empresa fazendo promoções e acendendo o desejo dos clientes em obter os produtos. Os itens a serem comercializados precisam ter cores marcantes, aromas intensivos, embalagens chamativas, preços especiais  e promocionais, prazos curtos de entrega, disponibilidade do produto, qualidade, diferenciais que aguçam os desejos dos consumidores. Essas especificações do produto nos mostram em que grau o nível de serviço ofertado está e como tem sido a aceitação do produto perante o público.

Ao passar a época sazonal os procedimentos nos estoques das lojas e armazéns devem ser intensificados para colher dados referente aos resultados obtidos neste período. É necessário fazer um inventário, alimentar planilhas de indicadores, analisar os custos, tirar relatórios de entradas e saídas de produtos, separar produtos danificados, recolher sobras de produtos para que sejam guardados para o próximo período sazonal ou devolvidos aos fornecedores parceiros, medir o nível de satisfação de nosso cliente através da pesquisa realizadas em loja. Depois de todos esses procedimentos o gestor logístico e o gestor de marketing devem começar a planejar as ações que serão realizadas nos próximos períodos sazonais.


Deivíde Falcão
Especialista em Logística Empresarial
Professor universitário, Escritor de E-books , Colunista, Blogueiro,  Consultor, Palestrante, Desenvolvedor de Cursos e Treinamentos de logística.




















Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Custos de Estoques

Os custos de estoque são aqueles relacionados para se obter e manter os produtos dentro do armazém, esses custos necessitam ser estudados e aprimorados dia a dia porque fazem toda a diferença nos resultados financeiros das organizações. Em pleno século XXI é primordial reduzir custos e manter qualidade dos serviços e produtos, mais para isso acontecer é preciso entender os custos que temos na empresa. Os custos são decorrência das operações logísticas utilizadas para satisfazer as expectativas do cliente em relação ao produto, cada fase do produto tem o seu custo apropriado e um bom gestor o procura otimizar os processos priorizando tempo, qualidade, custo da operação. VAMOS CONHECER ALGUNS TIPOS DE CUSTOS 1-Custo de pedido: São custos fixos administrativos associados ao processo de aquisição das quantidades requeridas para se fazer a reposição do estoque. Os custos se dividem em: custo de preencher pedido de compra, serviço burocrático, contabilidade, almoxarifado. 2-Cu

As Demandas de Estoque

"O enfoque apropriado para controlar os níveis de estoque deveria ser cuidadosamente desenvolvido a partir do padrão particular da demanda que cada produto apresenta" (BALOOU, 2010, p. 232), ou seja, cada produto tem que ser estudado e feito o pedido conforme a sua saída mais tendo a certeza que pode ocorrer mudanças a qualquer momento. Segundo Pozo (2015, p. 31) A previsão da demanda é a tentativa de acertar o mercado no futuro bem próximo, ou seja, cada tentativa obteremos resultados mais satisfatórios e com menos erros. Um das mais eficazes e eficientes maneiras de entender as demandas e fazendo a sua classificação, vejamos a seguir: Demanda permanente: É relativamente previsível, são produtos que tem a saída constante na empresa. Demanda sazonal:  Não é possível prever devido os altos picos que acontecem em datas especificas do ano, quando há surtos de doenças ou por modas. Demanda irregular: Varia de acordo com o mês, semana, dia e hora. Demanda inexistent

Armazenamento de materiais

Segundo Hamilton Pozo (2015, p.13)  A armazenagem de materiais é o processo que envolve a administração dos espaços necessários para manter estocados os produtos tanto internamente na fábrica como em locais externos mais próximo aos clientes. Diversas pessoas tem o pensamente que armazenar é apenas guardar material ou dados eletrônicos, nós que fazemos parte destes profissionais logísticos enfatizamos que armazenar é um conjunto de processos unidos da logística, ou seja, o armazenamento de materiais é a continuação do processo logístico do setor do qual tem importância igual as outras atividades e deve ser realizada prezando a otimização e eficiência do setor. Antigamente o processo de armazenagem baseava-se em ter muitos materiais no armazém para que não houvesse o perigo de faltar, nos dias atuais as  empresas estão minimizando a necessidade de armazenagem pela aplicação do conceito Just-in-time, a ideia e ajustar o suprimento e a demanda no tempo e quantidade de formas que